quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Hastear da Bandeira Verde



Foi hasteada a Bandeira Verde/Galardão do Eco-Escolas, no dia 4 de outubro de 2018. 
Este momento simbólico e comemorativo incluiu o hastear da Bandeira Verde ao som do Hino Nacional e foi abrilhantado com uma performance (dança e cântico), pelos alunos do Projeto “Artes do Espetáculo”.


   


As professoras:
Ruth Linares
Filomena Parra
Susana Prazeres
Luísa Ramos

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

DIA DAS BANDEIRAS VERDES 2017/2018 - MAFRA






No dia 4 de outubro, a nossa escola esteve presente, na Expocentro de Pombal, para participar na cerimónia de entrega das Bandeiras Verdes.


O Dia das Bandeiras Verdes Eco-Escolas é um dia em que se celebra o trabalho de todas as escolas de norte a sul do país, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira, que contribuíram para tornar mais sustentável o dia a dia da Escola e da Comunidade Envolvente.

 

Após a entrega de materiais, certificados e t-shirts, foi possível visitar e participar na Eco-Mostra onde decorreram atividades diversificadas de carácter lúdico e pedagógico (ateliers, stands, exposições, jogos e animações).











Ainda durante o período da manhã, realizou-se uma Conferência de Imprensa: Apresentação dos Resultados e Entrega de Prémios, só para convidados (imprensa, municípios, entidades parceiras e escolas premiadas).

A partir das 14 horas, deu-se início à cerimónia do Galardão Eco-Escolas, 2018, tendo a abertura sido realizada pelo grupo  Ribombar – Agrupamento de Escolas Padre Vítor Melícias – Torres Vedras.





Seguiu-se a Sessão de Boas Vindas com a intervenção de José Archer, presidente da ABAE/Fee Portugal; Ana Cabral - Câmara Municipal de Pombal e Célia Ramos - Ministério do Ambiente



A festa continuou com Sorteios - Prémio Green Key para os professores presentes que coordenaram o Global Action Days em Abril e o  Prémio Brigada da Monitorização, com a oferta de um tablet.
Seguidamente, passou-se ao espetáculo “Eco-Escolas de Pombal Apresentam” com a participação da Casa da Criança, com uma apresentação “Floresta D’água” e a Escola Básica e Secundária de Guia com o Hino Eco-Escolas. 
O espectáculo foi abrilhantado com a participação de Paulo Sousa.




Para encerrar o programa, foram entregues as Bandeiras Verdes 2017/18. A nossa escola recebeu a décima primeira Bandeira pela sua prestação no programa Eco-Escolas.




Parabéns a toda a Comunidade Escolar que participou, neste projeto, e também aos nossos parceiros que contribuíram para que a escola recebesse este Galardão.


A equipa do Eco-Escolas:
Ruth Linares
  Filomena Parra 
Susana Prazeres







terça-feira, 9 de outubro de 2018

domingo, 22 de julho de 2018

Rota pela Floresta

"A Rota pela Floresta"

Os alunos do 8.º A e 9.º C realizaram uma sessão fotográfica e em vídeo, foi montado um filme, para que todos possam visualizar.

Visite o link  https://youtu.be/1eJzDVl7gwk


As Professoras da equipa do Eco-Escolas:
Ruth Linares
Filomena Parra

domingo, 22 de abril de 2018

Dia da Terra: 22 de abril




Uma das grandes revelações da exploração espacial é a imagem da Terra, finita e solitária acomodando toda a espécie humana através dos oceanos do tempo e do espaço.
Carl Sagan



A equipa do Eco-Escolas

quarta-feira, 21 de março de 2018

Dia Mundial da Árvore e da Floresta


Dia Mundial da Árvore e da Floresta



O Dia Mundial da Árvore e da Floresta comemora-se anualmente a 21 de Março.
O objetivo da comemoração deste dia é sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, quer da própria qualidade de vida dos cidadãos.  

A 21 de março comemora-se também o Dia Mundial da Poesia.

Deixamos aqui a nossa reflexão sobre este dia através das palavras de António Gedeão.

Poema das árvores - António Gedeão
As árvores crescem sós. E a sós florescem.
Começam por ser nada. Pouco a pouco
se levantam do chão, se alteiam palmo a palmo.

Crescendo deitam ramos, e os ramos outros ramos,
e deles nascem folhas, e as folhas multiplicam-se.

Depois, por entre as folhas, vão-se esboçando as flores,
e então crescem as flores, e as flores produzem frutos,
e os frutos dão sementes,
e as sementes preparam novas árvores.

E tudo sempre a sós, a sós consigo mesmas.
Sem verem, sem ouvirem, sem falarem.
Sós.
De dia e de noite.
Sempre sós.

Os animais são outra coisa.
Contactam-se, penetram-se, trespassam-se,
fazem amor e ódio, e vão à vida
como se nada fosse.

As árvores, não.
Solitárias, as árvores,
exauram terra e sol silenciosamente.
Não pensam, não suspiram, não se queixam.
Estendem os braços como se implorassem;
com o vento soltam ais como se suspirassem;
e gemem, mas a queixa não é sua.

Sós, sempre sós.
Nas planícies, nos montes, nas florestas,
A crescer e a florir sem consciência.

Virtude vegetal viver a sós
E entretanto dar flores.



A equipa do Eco-Escolas:
Ruth Linares e Filomena Parra

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

“A ROTA PELA FLORESTA”


ATIVIDADE DA PASSAGEM DE TESTEMUNHO


No dia 8 de Janeiro a nossa escola foi visitada por alguns alunos da escola do 1.º ciclo de Alcainça que integram o programa Eco-Escolas, dessa escola, no âmbito do Projeto “A Rota pela Floresta”, que se integra no Projeto “Do CO2 ao O2”.
Estiveram presentes as turmas do 8.ºA e 9.º C para receberem os colegas de Alcainça.
A passagem de testemunho foi realizada na biblioteca escolar, parceira do Eco-Escolas.
A Professora Dália Santos enquanto bibliotecária leu a história “O dia em que a Mata Ardeu” de José Fanha com ilustrações de Maria João Gromicho.
Os alunos juntamente com as Professoras da escola do 1.º ciclo de Alcainça fizeram a passagem do testemunho à nossa escola. Deste modo, entregaram a bandeira assinada pelas Professoras e alunos que trabalham em prol do Eco-Escolas, a pá e o pergaminho de compromissos.
De seguida, os alunos construíram a “nossa floresta” simbolicamente. Em cartolina as árvores começaram a ter um espaço nessa floresta, que se associou ao cartaz oferecido pelos alunos do 1.º ciclo de Alcainça.
Foi uma atividade muito agradável e verificou-se um convívio entre Professores e alunos, apesar destes terem níveis etários e de ensino diferentes.
Os alunos do 8.º A e 9.º C realizaram uma sessão fotográfica e em vídeo para posteriormente ser montado um filme, para oferecer à escola que nos visitou, à Câmara Municipal, à ABAE e um exemplar ficará no acervo da biblioteca da escola sede.
Parabéns a todos que contribuíram para a construção deste momento tão interessante.











A Equipa do Eco-Escolas:
Ruth Linares
Filomena Parra